A Importância dos PROJETOS COMPLEMENTARES

February 25, 2019

O que são os projetos complementares?

São conhecidos como projetos complementares, os projetos técnicos que se integram ao projeto arquitetônico e que o completam. Os mesmos devem ser realizados por engenheiros especialistas em cada área. Nos projetos complementares, todos os elementos são previamente dimensionados, especificados e compatibilizados.

 

 
Os projetos complementares de engenharia são constituídos por projetos:
 

Estrutural: Fundações, arrimos, estruturas de (concreto armado, metálica, madeira, pré-moldados de concreto).

Hidráulico: Instalações hidro-sanitárias, abastecimento, distribuição, sistemas de aquecimento de água, reservatórios, captação de água pluvial, tanques sépticos, esgotos, gás.

Elétrico: Instalações elétricas, sistemas de energia, cargas, circuitos, pontos elétricos, fiação, potencias, correntes, distribuição, aterramento.

Luminotécnica: Iluminação especial, tipos de lâmpadas e luminárias, quantidade de potencia, localização, distribuição.

Proteção contra incêndios: Hidrantes, extintores, portas corta-fogo, detector de gás e calor por alarme.

 

 

Os projetos complementares são um guia para execução da obra e importante para que as necessidades do cliente ou usuário sejam transformadas na melhor solução, o que não inclui apenas estética, mas também, condições de habitação, acesso, conforto, eficiência da edificação, racionalização dos custos e melhores prazos.

 

Quem faz o projeto é um profissional da engenharia ou da arquitetura, que deve sempre auxiliar na escolha dos materiais adequados para cada ambiente. Além das partes aparentes, como móveis e revestimentos, o projeto deve prever instalações elétricas e hidráulicas, executadas de acordo com as normas de segurança, o que é fundamental para o conforto e a segurança dos moradores.

 

 

A importância da compatibilização e a integração de projetos em um escritório de arquitetura e engenharia

 

O desenvolvimento de um projeto em diferentes escritórios não é um fato raro dada a dificuldade de se ter, em uma mesma empresa, uma gama diversificada de profissionais, seja por questões econômicas ou perfil do negócio.

 

Por isso, durante o desenvolvimento do projeto, surge uma dificuldade de comunicação entre os profissionais dos diferentes escritórios. Consequentemente, fatores importantes são muitas vezes desconsiderados, e as interferências entre as diversas áreas são desprezadas, gerando problemas durante a fase da obra, como a compra de material em quantidade desnecessária e a necessidade de refazer parte da obra. E isso, claro, afeta diretamente os custos e os prazos estabelecidos.

 

A compatibilização e integração entre os projetos, arquitetura, estruturas e instalações são indissociáveis, é a garantia da integração de soluções e técnicas de execução, definição correta de materiais e acabamentos, para um resultado estético e funcional, e para uma obra limpa, com pouco desperdício, isenta de erros ou distorções de conceito, muito comuns em projetos mal solucionados.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

DECORAÇÃO DE INTERIORES: quais as tendências?

August 28, 2019

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook
  • Instagram
  • Mapa

© 2023 por Casa e Interiores. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
  • Instagram - Black Circle

0-800-000-0000   |   info@meusite.com

CONTATO

(55) 9 8100 3212

contato@basejr.com.br

UFSM, Av. Roraima nº 1000, Bairro Camobi, Centro de Tecnologia,

Anexo C - Sala 1103A, Santa Maria - RS

  • Facebook
  • Instagram
  • Mapa

MANDE UMA MENSAGEM

*Não estamos contratando. Não aceitamos currículos.